Mostra

Com realização on-line, 11ª Mostra de Teatro de Petrópolis encerra evento com a premiação de 15 categorias

A 11ª Mostra de Teatro de Petrópolis anunciou na última quarta-feira (31) as premiações aos 10 espetáculos selecionados para o evento deste ano, que foi realizado inteiramente de forma digital. Ao todo, foram concedidas 15 premiações aos participantes, que tiveram os trabalhos expostos para avaliação da banca de jurados e do público, desde o dia 19 de março. Os projetos ainda estão disponíveis para visualização no site da mostra (https://www.mostrateatropetropolis.com.br). O evento este ano concedeu além da premiação de R$ 6 mil aos selecionados, troféus feitos exclusivamente pela atriz e artista plástica Flávia Miranda. A realização do evento é possível por meio de recursos obtidos pelos governos Federal e do Estado do Rio de Janeiro, da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, através da Lei Aldir Blanc.

Na categoria Melhor Espetáculo Adulto o selecionado pela banca de jurados foi "Um Réquiem para Esmeralda", dos grupos Palhastônicos e Teatro Circense Andança. Entre os infantis, o Melhor Espetáculo foi para "Sem Palavras, Cem Risadas", do Palhastônicos. A banca de jurados foi formada pelo crítico teatral Sérgio Fonta, a atriz Iléa Ferraz e o produtor Sandro Rabello. Além da avaliação dos jurados, a Mostra de Teatro também contou com o voto do público, que pode escolher o Melhor Espetáculo por Júri Popular, que foi para "O Povo em Pé!", da Satura Companhia de Teatro.

As demais premiações foram para Melhor Direção, de Joice Marino em "Mulher Maracanã", do grupo Denegrindo; Melhor Ator para Laércio Motta, em "Tempos Verbais"; Melhor Atriz para Ana Cecília Reis, da Cia Plúmbea; Trilha Sonora para Raphael Teixeira, em Mar de Mayã do Teatro de Garagem que também ganhou o prêmio de melhor Texto, por Paulo Marcos; e o Melhor Cenário foi para Raquel Theo em "Um Réquiem para Esmeralda" dos grupos Palhastônicos e Teatro Circense Andança. O prêmio de Melhor Figurino foi para "O Povo em Pé!", com o trabalho de Luciano Lima.

Entre os infantis, a Cia Palhastônicos, com o espetáculo "Sem Palavras, Cem Risadas", também levou os prêmios  de melhor direção, ator e atriz, que foram para os atores Léo Gaviole, Madson José e Andressa Hazboun.

A 11ª Mostra de Teatro de Petrópolis ainda concedeu o prêmio de Inovação para o espetáculo "Tempos Verbais", por considerar a sintonia com a linguagem contemporânea das redes sociais. O destaque na categoria adulto foi para o trabalho "Nós", que denuncia a violência contra as mulheres. Na categoria infantil, o destaque foi para os espetáculos teatrais "O Povo em Pé!", da Satura Companhia de Teatro e "O Mundo Cão", da Companhia Onírica, pela adequada linguagem e por despertar consciência social no público infantil.

Todos os espetáculos continuam disponíveis para a visualização do público até o dia 4 de abril. O novo formato do evento nesta edição, realizado totalmente em plataforma digital, se mostrou como um desafio para a organização, que na reta final da realização comemora o resultado. "Tivemos que adaptar o evento ao atual cenário, sem poder realizar apresentações presenciais. E esse foi um desafio, pois a proposta da Mostra é gerar troca de conhecimento e compartilhamento de trabalhos entre a classe artística da cidade. E esse objetivo foi alcançado. A ideia é que esse evento se fortaleça cada vez mais na cidade e agora em proporções maiores, pois o público de outras regiões pode prestigiar esse importante movimento que criamos na cidade", destaca a organizadora, Simone Gonçalves, atriz e diretora do Grupo Povo do Cafundó, realizador da 11ª  Mostra.

 

Além da exibição dos espetáculos, o evento realizou oficinas de teatro, lives musicais e bate papo entre os grupos de teatro e corpo de jurados. Com todas as interações, o evento alcançou duas mil pessoas que assistiram aos espetáculos e interagiram com o evento nas lives e na votação. 

 

11ª Mostra de Teatro de Petrópolis seleciona os 10 espetáculos que concorrerão a premiações por categoria

A curadoria da 11ª Mostra de Teatro de Petrópolis divulgou nesta segunda-feira (15), os 10 espetáculos que agora passam para a segunda fase, a de classificação da banca de jurados. Entre os dias 18 e 28 todos os trabalhos, estarão liberados para o acesso do público no site do evento (www.mostrateatropetropolis.com.br) e serão avaliados para a definição dos vencedores por categorias.

Entre as obras selecionadas estão:
"Diário de Último Ato", da Cia Plúmbea;
"Mar de Mayã", do Teatro de Garagem;
"(R) Existir", da Cia Teatro Livro Aberto;
"Um Réquiem para Esmeralda", do Grupo Palhastônicos 
e Teatro Circense Andança;

"O Povo em Pé!", da Satura Companhia de Teatro";
"Sem Palavras, Cem Risadas", do Grupo Palhastônicos;
"Mundo Cão ou a Incrível História do Cão sem Nome", da Companhia Onírica;
"A Mulher Maracanã", do Denegrindo Coletivo de Teatro;
"Nós", da Sekreta Conexões Culturais; e
"Tempos Verbais", de Laércio Motta.

Todos os selecionados na primeira fase, recebem o prêmio de R$ 6 mil. Nesta segunda etapa, serão definidas as categorias que serão premiadas no dia 28/3, com troféu criado especialmente para a Mostra, pela artista plástica e atriz Flavia Miranda. Os 10 espetáculos selecionados foram considerados pela curadoria os melhores entre os 23 inscritos no que se refere à apresentação dos projetos, em formato digital. A realização on-line foi alternativa por conta das medidas de segurança devido à pandemia e o evento recebeu o incentivo da Lei Aldir Blanc - #FomentaFestivalRJ.

"Quero parabenizar os produtos da Mostra de Teatro 2021, os artistas, que em meio à crise, não deixaram de pensar em novas formas de interagir, e reinventar o modo de mostrar a expressão artística, diante de tantas dificuldades", pontuou uma das curadoras Sueli Porto Azevedo, que contou ainda com a produtora, Marcia Ganem para a seleção dos espetáculos. "É muito prazeroso poder participar como curadora desse evento tão fundamental e representativo para a arte cênica local, que encontra apoio e visibilidade para seus trabalhos, principalmente nesse momento tão delicado. Vida longa à Mostra!", ressaltou Marcia.

 

                                                                                                                               Sueli Porto Azevedo e Márcia Ganem

 

 

Jurados definirão os vencedores por categoria

A partir do dia 18, os jurados terão 10 dias para realizar uma análise minuciosa dos trabalhos e definição dos vencedores de cada categoria. A 11ª Mostra de Teatro de Petrópolis conta com uma bancada formada por profissionais de renome no meio teatral. O corpo de jurados é presidido pelo crítico teatral Sérgio Fonta, escritor, jornalista, dramaturgo, ator e diretor. Em seu currículo, soma títulos como vencedor da 4ª Bolsa RioArte de Artes Cênicas e como ator, atuou em mais de 10 novelas e 30 espetáculos teatrais.

Na banca de jurados está ainda a atriz Iléa Ferraz, considerada uma profissional multimídia: atua, canta, dirige, escreve, produz, ilustra, cria e executa projetos cenográficos. Foi indicada ao Prêmio Shell de Teatro, na categoria melhor atriz, com o espetáculo "Nunca Pensei Que ia Ver Esse Dia". Participou de importantes festivais de teatro na Europa com o espetáculo "O País dos Elefantes" e apresentou-se em Angola (Luanda e Benguela), com o espetáculo "O Cheiro da Feijoada". Tem passagem na direção de filme, ilustração de livros e atuou em clássicos do teatro. Na TV, se destacou com novelas e minisséries.

O produtor Sandro Rabello completa o time da bancada de teatro carregando vasta experiência na produção teatral. Por 10 anos ele esteve à frente do Festa Internacional de Teatro, de Angra dos Reis; fez a produção executiva da quarta edição do Cena Brasil Internacional; coordenou uma das edições do Festival do Inverno do Sesc; produziu mais de 39 espetáculos teatrais, 6 musicais e a exposição "Nelson Brasil Rodrigues - 100 anos do anjo pornográfico".

Assim como todo o evento, o anúncio dos vencedores por categoria será realizado por meio de plataforma digital. O anúncio das classificações será feito por live, no dia 28/3, último dia da Mostra.

Mostra promove diferentes interações com o público

Artistas e público interessados poderão participar de uma série de eventos, todos on-line, como lives de pocket-show e oficinas de teatro com a atriz Iléa Ferraz e com o diretor da Armazém Cia de Teatro, Paulo de Moraes". "Mesmo em formato digital a Mostra esse ano reúne uma série de ações que promovem entretenimento, disseminação cultural e principalmente, troca de experiências entre os profissionais do segmento artístico", destaca a atriz e organizadora, Simone Gonçalves, diretora do Grupo Teatral  Povo do Cafundó, realizador da Mostra.

 

 

11ª Mostra de Teatro de Petrópolis tem 23 espetáculos inscritos - 11/03/21

 

A 11ª Mostra de Teatro de Petrópolis encerrou o período de inscrições na última quarta (10), com 23 espetáculos que serão analisados pela curadoria do festival até o dia 15 de março, próxima segunda-feira (15). Os autores dos 10 trabalhos selecionados serão premiados com R$ 6 mil, por terem passado na primeira etapa e terão as obras disponibilizadas para o público e corpo de jurados, entre os dias 18 e 27 deste mês. Durante esse período, os projetos serão avaliados e classificados por categoria. O anúncio dos troféus para os melhores trabalhos será realizado em 28/3, ultimo dia do evento que será realizado inteiramente por plataforma digital.

 

O evento conta com a participação das curadoras Sueli Azevedo, gestora cultural e Marcia Ganem, produtora, que avaliarão, nesse primeiro momento, a qualidade técnica do material inscrito. Todos os espetáculos foram inscritos em vídeo, por meio de link, e serão analisados quanto a qualidade de imagem, som e conteúdo artístico. "Um dos requisitos para participar da mostra esse ano, era que fossem inscritos apenas trabalhos de artistas da cidade", pontuou Simone Gonçalves, a produtora da mostra. O anúncio dos selecionados será feito até o dia 15, pelo próprio site do evento.

 

Todos os espetáculos serão transmitidos durante 10 dias pelo site da 11ª Mostra de Teatro de Petrópolis (www.mostrateatropetropolis.com.br). Jurados e público em geral terão acesso aos trabalhos para a classificação das 11 categorias. O corpo de jurados, formado pelo crítico teatral Sérgio Fonta, a atriz Iléa Ferraz e o produtor Sandro Rabello, avaliará os trabalhos nos quesitos: Melhor Espetáculo, Direção, Texto, Ator, Atriz, Trilha Sonora, Cenário, Figurino, Inovação e Categoria Especial. A novidade desta edição é a categoria Melhor Espetáculo por júri popular, na qual o público poderá votar no espetáculo de preferência.

 

 

                                                                                                                                 Iléa Ferraz                 Sandro Rabello              Sérgio Fonta

 

"A Mostra pretende ser um grande incentivador da arte na cidade. A ideia é provocar um movimento de troca de vivência com os artistas da cidade, além de participação do público nesse cenário virtual", destacou um dos jurados, Sandro Rebello.

 

Tendo em vista que a realização é de forma digital, como alternativa por conta das medidas de segurança devido à pandemia, a divulgação dos vencedores por categorias, será feita por meio de live, no dia do encerramento da Mostra, que recebe o incentivo da Lei Aldir Blanc - #FomentaFestivalRJ. 

 

 

11ª Mostra de Teatro de Petrópolis abre inscrição para artistas da cidade -  01/03/2021

Começam amanhã, dia 1º março, as inscrições para 11ª Mostra de Teatro de Petrópolis, tradicional evento artístico da cidade que terá nova edição promovida inteiramente on-line e gratuita. O evento vai premiar os 10 espetáculos em diferentes categorias. A programação se estenderá por dez dias e abrangerá além das apresentações teatrais, oficinas, lives de bate papo e música, seminário e uma série de interações que visam movimentar o cenário artístico da cidade. As inscrições podem ser feitas até o dia 10 de março. O edital com informações para a inscrição pode ser acessado no site oficial da Mostra www.mostrateatropetropolis.com.br, que vai estar liberado a partir desta segunda-feira (1/3).

Além de realizar a 11ª edição inteiramente em plataforma digital, por meio do canal do Youtube, Facebook e Instagram, outra novidade deste ano é a premiação. Os 10 trabalhos selecionados por curadoria, receberão premiação em troféu por: melhor espetáculo, direção, texto, ator, atriz, trilha sonora, cenário, figurino, inovação e categoria especial. Além da premiação com troféu, a Mostra de Teatro vai direcionar R$ 6 mil aos trabalhos escolhidos.  O evento abrirá espaço para trabalhos voltados para o público adulto ou infantil.  A realização de forma digital foi alternativa por conta das medidas de segurança devido à pandemia e o evento recebe o incentivo da Lei Aldir Blanc - #FomentaFestivalRJ.

Os artistas e grupos de teatro da cidade terão até o dia 10 de março para inscreverem seus trabalhos em vídeo. Não há limite de número de trabalhos propostos por cada participante, mas apenas dois do mesmo autor poderão ser selecionados. Todos os projetos inscritos passarão por análise da curadoria entre os dias 11 e 14 de março. Para a seleção dos trabalhos, a mostra conta com a gestora cultural Sueli Azevedo e a produtora, Marcia Ganem.

Não há exigência para trabalhos inéditos, mas para os que ainda estiverem em produção no período de inscrição, poderá ser apresentado um vídeo de apresentação com a defesa do projeto para a análise da curadoria. O vídeo com o espetáculo concluído deve ser entregue até o dia 15/3, mesmo dia em que haverá a divulgação dos selecionados. Todos os vídeos devem ser enviados em formato de link do espetáculo postado em plataforma digital e, se for selecionado, no dia 16/3, deve ser enviado por link de transferência de dados. A exibição dos espetáculos será realizada entre os dias 18 e 27 através do site do evento. Os espetáculos, que terão tradução em libras, ficarão disponíveis ao público e no dia 28/3, a 11ª Mostra de Teatro tem o encerramento com live para anúncio da premiação por categorias.

De acordo com a organização da 11ª Mostra de Teatro de Petrópolis, a ideia é proporcionar um amplo movimento cultural e social. "Temos na memória o quanto a mostra movimentou a cidade no passado e a nossa proposta é fazer com que o evento se fixe de forma definitiva como patrimônio cultural e seja considerado na agenda anual da cidade", destacou a atriz e produtora do evento, Simone Gonçalves, do Grupo Teatral Povo do Cafundó, que lembra que a primeira edição da Mostra de Teatro de Petrópolis foi realizada em 1983 e na época, tinha como objetivo reunir em um único evento as produções de teatro locais.

Mostra de Teatro tem jurados renomados para a avaliação dos espetáculos

O corpo de jurados da 11ª Mostra será presidido pelo crítico teatral Sérgio Fonta, com a participação da atriz Iléa Ferraz e pelo produtor Sandro Rabello, que irão selecionar os artistas. Além do prêmio em dinheiro, a Mostra terá ainda um troféu, feito exclusivamente para o evento pela artista plástica e atriz Flavia Miranda.

Artistas e público interessados poderão participar de uma série de eventos, todos on-line, como lives de pocket-show e oficinas como a de "Vivência Teatral", com a atriz Iléa Ferraz; e a promovida pelo diretor da Armazém Cia de Teatro, Paulo de Moraes, "Compor a Cena". "Nossa intenção é criar um ambiente de confraternização entre os artistas da cidade, para que uns assistam os espetáculos dos outros e possam juntos participar dessa vivência, com artistas convidados na intenção de trocar experiências", pontua Sandro Rabello.